conteúdo evergreen

Conteúdo Evergreen: como utilizar em seu curso online

O conteúdo de um blog sempre foi a maior preocupação de criadores de conteúdo, pois é o primeiro contato que o público tem com sua marca. Desta forma, é possível ter uma grande variedade de como ele se apresenta. Podendo ser mais dinâmico ou informativo – como é o caso do conteúdo Evergreen. Esse estilo de texto tende a ser mais explicativo, fazendo com que sua duração de vida seja muito maior se comparado com textos mais dinâmicos ou noticiosos, por exemplo.

Com certeza você já se deparou com algum texto que mesmo escrito há muito tempo, ainda faz sentido para o momento em que você está passando. Por exemplo, se você quer saber como trocar a resistência de um chuveiro, basta buscar na internet que terão inúmeros artigos explicando passo a passo. É possível que esses artigos tenham sido escritos há muito tempo, mas mesmo assim ainda são úteis para você.

conteúdo evergreen

Utilize conteúdo Evergreen em seu negócio e melhore seus resultados

Conteúdos mais dinâmicos ou noticiosos são ótimos para atrair o público que busca se manter atualizado, seja por rede sociais ou blogs. Contudo, o conteúdo evergreen faz-se necessário tanto para educar seus clientes quanto para trazer autoridade sobre determinados assuntos.

Para que um conteúdo seja considerado conteúdo Evergreen é necessário que ele tenha uma duração de vida útil grande (com no mínimo dois anos de uso), ou seja, é diferente de textos noticiosos ou mais imediatistas. Desta forma, mostra-se ao público como forma de educar e informar, trazendo uma quantidade de dados e informações que sejam relevantes para aquele momento do leitor. Para isso você pode fazer:

E uma infinidade de outras coisas.

Saiba quais as vantagens de utilizar conteúdo evergreen

Diferente de conteúdos noticiosos que visam mostrar os últimos acontecimentos. O conteúdo evergreen traz benefícios que contam muito para a visibilidade de sua empresa.

Ser reconhecido

Por se tratar de um estilo de texto mais educativo e muito mais completo, demonstra que o nível de pesquisa e interesse por esse assunto é maior. Fazendo com que sua empresa se torne autoridade no mercado, transmitindo mais confiança para seu público.

Ficar melhor ranqueado no Google

Atualmente, os blogs tornaram-se essenciais para os negócios. Desta forma, a concorrência aumentou, fazendo com que muito mais empresas falem de assuntos que o seu negócio também trata.

Quanto mais completo for seu conteúdo, mais engajamento ele irá gerar. Pois, as dúvidas serão tiradas dentro do próprio material. Assim, é muito mais provável que seu cliente compartilhe e comente, melhorando o ranqueamento na busca do Google.

Gere mais leads

Conteúdo evergreen atrai um público que busca um conteúdo mais completo e educativo. Então, é muito mais provável que este público baixe materiais de seu blog que sejam referentes ao assunto que ele busca. Desta forma, se tornarão leads.

E o melhor: é possível nutrir esse público com seu conteúdo, qualificando-o cada vez mais.

Agora que você já tem essas informações, vamos entender como o conteúdo evergreen pode ser utilizado em cursos online:

Bom, falamos bastante sobre o que é e como fazer um conteúdo evergreen, mas como utilizá-lo para seu curso online?

É possível utilizar o conteúdo evergreen como conteúdo extra e como conteúdo do próprio curso. Dessa maneira, a compreensão e aprendizado do aluno é mais completo. Utilizar esse estilo de conteúdo traz alguns benefícios:

  • Pessoas com interesses específicos tendem a gostar mais de materiais completos. Sendo atraídos por esse tipo de conteúdo;
  • Por ser um material com a vida útil longa, é possível reutilizá-lo de outras formas;
  • Impulsionar conteúdo evergreen é mais fácil, pois é praticamente certeiro que o público para qual esse texto é direcionado irá gostar.

Para quem funciona o conteúdo evergreen?

Por ser um tipo de conteúdo mais aprofundado, o público é mais específico. Normalmente empresários, criadores de conteúdo e pessoas com interesse e base de conhecimento mais embasado.

Como esse conteúdo pode ser interessante para esse público?

Empresários: por terem um tempo mais escasso, cursos online são mais atraentes por suas inúmeras possibilidades e facilidades. Os empresários podem estar dos dois lados, sendo os idealizadores do curso ou quem consome.

Criadores de conteúdo: por fazer parte do trabalho, a busca por conhecimento faz-se muito necessário e é aqui que conteúdos evergreen se encaixam.

Pessoas com base de conhecimento mais embasado: com a internet, o consumo de conteúdo tornou-se muito mais fácil. Se seu site possui um bom número de acessos, sua audiência consome o que você publica. Dessa forma, é mais fácil encantar e manter o cliente que já tem. A possibilidade de comprarem um curso que você lançou é muito maior do que comparado com novos leitores.

Como utilizar conteúdo evergreen na estratégia de marketing

É muito comum fazermos esse tipo de conteúdo, lançarmos e simplesmente esquecer da existência dele. Contudo, por ser algo mais específico, os acessos não são tão constantes se comparados com posts de assuntos mais imediatistas.

Mas calma, é possível automatizar a divulgação. Veja o passo a passo e saiba como:

Passo 1. Ao criar seu conteúdo, certifique-se que este tire as dúvidas do seu público, pois desta forma demonstra conhecimento e experiência na área. Poste em seu blog, como de costume e não se esqueça de utilizar palavras-chave para otimizar as buscas do Google.

Não se esqueça de colocar CTA em seus textos, para seus leitores se converterem em leads e consumirem seus cursos online.

Passo 2. Utilize as mídias sociais ao seu favor. Crie um planejamento de compartilhamento de postagens, pois assim a visibilidade do seu conteúdo torna-se maior. Com o aumento do acesso em seu blog, maior será a chance do aumento de conversão.

Não tenha medo de automatizar seus compartilhamentos em redes sociais. É preferível que o conteúdo compartilhado seja mais humanizado para que torne mais social as mídias utilizadas. Mas, em casos mais específicos como esse pode-se optar pela automatização.

Passo 3. Faça uso de e-mails marketing para divulgar para sua base de leads o seu material. Segmente-a bem, para que faça sentido o que foi mandado com o que o leitor está buscando. Desta forma, sempre que um novo curso ou texto seja lançado, seus clientes já ficam sabendo quase que imediatamente. Assim, você não perde contato com ele, nem deixa de divulgar seu trabalho.

Essa divulgação por e-mail marketing pode ser feita de duas formas: para educar seu cliente e promover seus cursos

Para educar seu cliente é preciso que você segmente seu conteúdo. Por exemplo, se você quer educá-lo sobre marketing de conteúdo, é importante mandar e-mail marketing com o básico sobre o assunto. E ir aos poucos aprofundando, assim ele entenderá a necessidade de aprender cada vez mais sobre o tema.

Quando estamos falando em educar clientes a primeira coisa que vem em sua cabeça é: qual o retorno financeiro que terei com isso? Esse investimento é mais a médio prazo, ou seja, o retorno não é imediato. Porém, essa estratégia faz-se muito necessária para que o cliente tenha uma base do que ele está buscando. Dessa maneira, ao final, ele estará muito mais propenso a comprar o seu curso, pois entenderá a importância do mesmo.

Para a promoção do seu curso, já é possível começar a vender. Como na fase de educação você mostrou a importância do marketing de conteúdo, no momento de promoção demonstre como utilizá-lo fez a diferença para você. Mostre como seu curso fará com que eles cheguem ao resultado que você teve.

Utilize sua base de e-mails para vender mais. Lance descontos para quem acompanhou os e-mails de educação, fazendo com que traga uma sensação de exclusividade e urgência.

Dica: anote todo o processo para ter tudo documentado. Assim, fica mais fácil de analisar os pontos fortes e fracos de sua estratégia, tornando mais simples a tomada de decisão de próximos lançamentos.

CTA Trial

trial


Categorias