curso online como criar uma promoção e projetar seu retorno

Curso online: como criar uma promoção e projetar seu retorno?

A promoção é famosa por fazer com que os lojistas se livrem do estoque que está parado e façam com que a sua loja tenha um maior movimento de pessoas. Mas a realidade de quem produz curso online não é bem essa, não é mesmo? Existem diversas estratégias que você pode utilizar para fechar vendas e atrair a atenção do seu público.

Não importa como você chama a sua promoção, “oferta”, “sale”, “off”, “liquidação”… No fim, todas elas são uma mensagem para o seu cliente afirmando que o preço está mais atrativo do que o de costume. É importante lembrar que o preço não é um diferencial do seu curso online, pois preço todo mundo pode diminuir. O valor do seu curso é o conteúdo que ele transmite.

Neste texto vamos ajudar você a planejar a sua promoção e fazer com que ela seja um sucesso. Papel e caneta na mão? Então mãos à obra.

CTA Ebook cursos online

ebookcursos-online

Como criar uma promoção para meu curso online?

O primeiro passo ao criar uma promoção é definir o seu objetivo principal. A maioria das liquidações de lojas são para queima de estoque, o que não é a realidade de quem comercializa os cursos online. Você pode utilizar a promoção para aumentar a quantidade de clientes; chamar a atenção para uma nova segmentação de cursos online; ou até mesmo elevar o tíquete médio de compras dos seus alunos.

A estratégia de aumentar a quantidade de clientes fala por si só. Esta é uma ótima oportunidade de fazer com que mais pessoas conheçam o seu produto, e é indicada para quem já possui uma boa quantidade de cursos online. A partir do momento que o seu cliente adquirir sua vídeo aula em promoção, ele vai saber a qualidade do seu conteúdo, e você já terá todos os dados para entrar em contato com este cliente novamente. Neste caso, o seu público alvo são as pessoas que se interessam pelo tema da sua vídeo aula, mas ainda não fazem parte da sua carteira de clientes.

Você também pode utilizar promoções para fazer com que a sua base de clientes de uma segmentação de mercado migre para outra. Por exemplo: você possui cursos de culinária e tem uma grande base de alunos que consumiram os cursos de culinária italiana, mas agora você lançou uma nova série de cursos sobre a culinária alemã e precisa mover esta base para o novo curso. Neste caso, o público alvo já conhece o seu curso online, pois o curso não possui um grau de diversificação tão grande e o perfil do seu futuro aluno é basicamente o mesmo.

Mas fique atento, pode ser que o seu curso seja muito diferente, por exemplo, se você leciona aula de violão para um público jovem, que está concentrado no eixo Rio-São Paulo, dificilmente você vai conseguir migrar estes clientes para um curso avançado de acordeom, apesar dos dois serem sobre música.

Você também pode utilizar promoções para aumentar o tíquete médio das suas vendas. Dando um exemplo em números genéricos, é muito mais fácil para você que está começando a realizar vendas de um curso online no valor de R$100,00, ao invés de um curso que custa R$500,00 para o seu aluno. Isso porque as pessoas ainda não conhecem o seu curso, metodologia e seu conteúdo, não podendo avaliar a sua desenvoltura em um ambiente virtual de aprendizagem.

Após conquistar uma boa carteira de clientes, você pode lançar outros cursos com temas correlacionados ou que sejam voltados para níveis mais avançados, cobrando um valor mais alto para aumentar o valor médio das suas vendas. O público alvo, neste caso, são as pessoas que já conhecem o seu trabalho e confiam na qualidade das suas vídeo aulas.

CTA Ebook cursos online

ebookcursos-online

Traçando metas de vendas para meu curso online

Parte do planejamento é desenvolver uma métrica de quanto você pretende vender. Esta conta pode ser feita em quantidade; valor bruto ou líquido; ou até mesmo a quantidade de novos clientes adquiridos. Estas metas dependem do objetivo que você planejar no início da ação.

Para traçar as metas você precisa traçar paralelos de acordo com a sua realidade.

Vamos fazer um exemplo para ficar mais claro. Digamos que nós temos uma base de 1.000 alunos que já conhecem o nosso curso online de R$100,00, e queremos fazer com que eles migrem para o curso de R$500,00, aumentando assim o nosso tíquete médio. Para isso vamos dar um desconto de 20% no valor bruto do curso, ou seja, ele vai custar R$400,00.

Veja também: Como acertar na estratégia de precificação do seu curso online.

Dica importante: Vale salientar aqui que, quando você faz uma promoção, você diminui a sua margem de lucro. A conta que você deve fazer é no ganho pela quantidade que a promoção vai lhe proporcionar. Exemplificando: digamos que o nosso curso de R$500,00 possua um custo de produção de R$350,00, sendo R$150,00 o valor de lucro a cada curso vendido, mas você só consegue vender um curso por semana. Neste caso, se vamos fazer o curso a R$400,00, o lucro será de R$50,00, ou seja, precisaríamos vender no mínimo três cursos por semana para não ter prejuízo.

Considere nesta conta a quantidade de cursos vendidos para este público alvo específico e o tamanho da sua base de contatos para traçar uma métrica palpável e a ideal. No nosso exemplo, se vendemos um por semana, em um universo de 1.000 ex-alunos com 20% de desconto, uma métrica palpável seria vender 10 por semana, enquanto o ideal seria vender 30 por semana.

A plataforma ead ideal para as minhas promoções

Toda promoção precisa ter uma data para acabar, caso contrário não é promoção, é depreciação de valor. Através da plataforma eadBox, você consegue gerar diferentes cupons de desconto. Eles podem ser baseados com uma quantidade limite de cupons gerados, no melhor estilo “os 30 primeiros”; ou com um tempo pré-determinado, “promoção válida até o próximo dia 20”.

CTA Demonstração 1

demonstração


Categorias