modelos de ead

10 modelos de EAD para explorar o mercado de educação

Existem diversos modelos de EAD no mercado atualmente e, neste texto, aprofundaremos nos conceitos dos 10 principais, deixando claro onde se diferenciam e se assemelham.


1 – Cursos livres:

Cursos livres são treinamentos que podem ser sobre qualquer assunto e não são regulamentados por nenhum órgão do governo ou lei.

2 – Cursos online para inbound marketing:

O inbound marketing vem ganhando espaço há anos no mercado de cursos online, sendo o método mais eficaz e também de baixo custo para atrair e fidelizar clientes.

 

modelos de EADUniversidade Conta Azul

3 – Webinars:

Um webinar, de forma geral baseia-se em um treinamento ao vivo online. Durante a transmissão, os participantes podem interagir com questionamentos e visualização de documentos através de seus computadores. Seu objetivo principal além de compartilhar conhecimento, é aumentar sua audiência e gerar leads de maneira rápida.

modelos de EADWebinar realizado na Eadbox

4 – Cursos presenciais transmitidos ao vivo ou gravados:

Este modelo vem crescendo muito e pode ser considerado telepresencial, tendo como principal benefício a otimização de tempo do aluno. Muitos não possuem tempo para ir às aulas, dessa forma, os cursos transmitidos ao vivo ou gravados permitem que o aluno estabeleça seu horário de estudo ao mesmo tempo que recebe uma educação de qualidade.

 

modelos de EADPágina inicial Impacta

5 – Cursos preparatórios:

Esses cursos preparam o aluno para uma conquista ou um alcance de objetivo determinado. Os mais famosos são os preparatórios para concursos, mas também existem aqueles para conquistar uma vaga no vestibular, provas ou exames como OAB e Enem

6 – Cursos técnicos:

Cursos mais profissionais, que tem como objetivo a formação de pessoas para entrar no mercado de trabalho ou se qualificar. Os cursos técnicos requerem o cumprimento de determinados pré-requisitos como forma de aprovação e elegibilidade frente ao Ministério da Educação.

7 – Cursos profissionalizantes:

Semelhantes aos cursos técnicos, porém que não possuem pré-requisitos frente a órgãos governamentais. Possui o objetivo de formar e preparar profissionais para o mercado de trabalho.

8 – Cursos universitários:

São voltados para a qualificação de nível superior, geralmente com um nível de qualidade elevado e garantia do MEC para funcionar. Podem ser divididos em cursos de graduação e pós-graduação.

9 – Cursos de pós e extensão:

Cursos mais curtos, de no máximo 3 meses que fornecem certificado. É importante ressaltar que um certificado de extensão não vale como uma pós-graduação e por isso, não deve ser feito no intuito de substituir a especialização. De qualquer maneira, os cursos de extensão podem ajudar muito quem está na dúvida de que pós-graduação seguir futuramente.

10 – Cursos corporativos:

Cursos corporativos aprimoram as habilidades das equipes e colaboradores nas empresas. A procura por esse tipo de cursos vem crescendo muito no Brasil, pois as empresas já identificaram a necessidade de buscar conhecimentos externos para aumentar a competitividade diante de tantos concorrentes.

CTA Consultoria

consultoria ead


Categorias