Não sabe o que significa plano de curso? Tudo bem, a gente explica. Basicamente, é um documento essencial para ajudar a manter as aulas ricas e interessantes. 

O material norteia o processo de ensino-aprendizagem, ou seja, contém as referências, as metodologias e os conteúdos que serão utilizados em um curso – online ou presencial, de curta ou de longa duração.

Confira, a seguir, quais são as vantagens, como é a estrutura e o que significa um plano de curso. 

Vantagens de ter um plano de curso

Ter um plano é fundamental para tudo na vida. Entretanto, para quem trabalha com aulas online, o plano de curso significa um item vital.

Com a visão clara dos conhecimentos que devem ser transmitidos aos alunos, fica muito mais fácil pensar em estratégias para impactá-los – e garantir que os ensinamentos sejam absorvidos. 

Esse é o maior desafio para quem trabalha como educador. Mas aqueles que sabem o que significa plano de curso têm mais facilidade para converter ideias em ações, o que torna o processo de aprendizagem mais rico. 

“O planejamento inclui tanto a previsão das atividades didáticas – em termos de organização e coordenação em face dos objetivos propostos –  quanto a sua revisão e adequação no decorrer do processo de ensino”, explica José Carlos Libâneo, referência da área de Educação no Brasil.  

Em síntese, o plano de curso tem a função de servir ao instrutor, ajudando-o a escolher as melhores metodologias para um determinado fim. Ajuda a manter o foco. Assim, é mais fácil entregar ao menos o mínimo prometido aos alunos, sem o risco de deixar passar nenhum conhecimento essencial ou investir em recursos desnecessários. 

Além de tudo, se bem-feito, o material também pode ajudar com o sucesso da instituição. Afinal, quando oferece cursos de boa qualidade, o retorno da audiência tende a ser melhor. Os estudantes satisfeitos tendem a indicar as aulas a outras pessoas, e nada como uma boa prova social para ajudar a gerar autoridade para o seu negócio. 

Como é a estrutura de um plano de curso

Há diferentes tipos e formas de se fazer um plano de curso. Portanto, escolha vai depender do formato, dos objetivos e do perfil dos estudantes. 

falar com um consultor

Todavia, em geral, há algumas informações que costumam estar em todos, pois são básicas: 

  • Objetivo geral
  • Objetivos específicos
  • Ementa
  • Conteúdo
  • Metodologia
  • Avaliação

Objetivo geral

É o que se espera que os estudantes absorvam de forma mais ampla após realizarem o curso. 

Objetivos específicos

Referem-se a metas mais específicas, normalmente quantitativas. Exemplos: percentual de alunos aprovados, grau de compreensão de algum assunto específico etc. 

Ementa

É a lista de tópicos que serão abordados ao longo do curso, essencialmente. Em certos casos, pode considerar também os trabalhos que serão apresentados pelos estudantes, dentro da proposta pedagógica.  

Conteúdo

É a previsão dos materiais utilizados nas aulas, inclusive os complementares. Aliás, lembre-se de mencionar quais são as referências de cada conteúdo, se for o caso.

Metodologia

A metodologia é a forma como o instrutor vai apresentar o conteúdo para alcançar determinados objetivos (que devem ser previstos no plano de curso). 

Hoje, a aula expositiva é o modelo mais comum. Consiste, basicamente, no professor apresentando um determinado tema à classe. Todavia, há outros métodos que podem (e devem) ser explorados. 

Avaliação

A avaliação é a forma de analisar se os estudantes assimilaram o conteúdo das aulas. Normalmente, é feita ao final de um ciclo. Podem ser provas, trabalhos, artigos, relatórios. Tudo vai depender da proposta do curso.

O melhor plano de curso é aquele que leva o aluno em consideração!

Você já sabe o que significa plano de curso. Entretanto, é fundamental também ter ciência de que o documento não tem diretrizes fixas. Ou seja, é um material elástico – pode (e deve) ser adaptado de acordo com as necessidades de cada turma. 

A melhor forma de ter um bom plano de curso é através de feedbacks. Desenvolva canais para que os estudantes possam expressar o que estão achando do curso, como avaliam o conteúdo, os instrutores e a qualidade das aulas. Ouví-los certamente agregará muitos insights valiosos aos próximos materiais. 

Aliás, na ferramenta da HeroSpark, voltada para a hospedagem de cursos online e outros infoprodutos, é possível obter o feedback dos seus alunos. Experimente


Categorias