pílulas do conhecimento

Você sabe o que são Pílulas do Conhecimento?

Você já ouviu falar na estratégia de ensino conhecida como Pílulas do Conhecimento — ou, em inglês, como Microlearning? Adaptando-se a realidade atual, esses métodos de aprendizado consistem em dividir as informações em partes pequenas, concisas e claras. Assim, poupam o tempo daquele que está em busca do aprendizado ao mesmo tempo que garantem que o conhecimento compartilhado será absorvido.

Essa é uma tendência que tem conquistado cada vez mais adeptos. Isso acontece porque as pessoas passaram a consumir e produzir informações de forma diferente. As aulas tradicionais — presenciais, físicas e com grandes horas de duração — ainda funcionam. Porém, esse não é mais o único método para compartilhar conhecimento.

Nesse cenário, ensinamentos que utilizam as técnicas de Pílulas do Conhecimento ganham espaço. Isso porque essa metodologia permite que as informações sejam passadas via ferramentas tecnológicas — como plataformas EAD — e de maneira clara e objetiva. Saiba mais sobre as vantagens e características desse modelo de ensino e veja como aplicá-lo a sua realidade.

– Veja também: 10 razões pelo qual você precisa do microlearning

pílulas do conhecimento

Como aplicar as Pílulas do Conhecimento?

Essa é uma estratégia de ensino definida por conteúdos com curto tempo de duração, completos e independentes. Normalmente, esses materiais são focados em lembretes e dicas relevantes e didáticas. Ou seja: fácil de serem absorvidas e assimiladas por quem as assiste. Assim sendo, é uma estratégia extremamente eficiente para compartilhar informações relevantes para o dia a dia.

Nesse cenário, investir em conteúdos no formato de Pílulas do Conhecimento está se tornando uma grande saída para potencializar o treinamento corporativo das empresas. Isso porque a instituição define assuntos relevantes para a rotina de trabalho dos seus colaboradores e os transmite nesse formato. Assim, garante uma maior assimilação e aprendizado por parte das equipes.

Esse é um método que funciona de maneira extremamente positiva para reforçar um conteúdo previamente ensinado ou para acrescentar mais informações sobre um tema já conhecido. Pode ser feito em forma de exercícios de assimilação e aprendizagem, pequenos vídeos, feedbacks entre outros.

Para acertar em cheio na estratégia, o Microlearning não deve ser utilizado para abordagem de assuntos muito técnicos ou complexos, mas sim como um reforço para ações cotidianas relevantes. Se o objetivo for ensinar uma ação que exija mais tempo, recursos e aprendizado, a empresa pode optar por treinamentos completos e separados em módulos.

– Veja mais em: Precisa otimizar treinamentos? Veja como com nossas dicas

As vantagens de investir em Pílulas do Conhecimento

Apesar de não ser utilizada para ações e treinamentos mais técnicos e completos, a metodologia das Pílulas do Conhecimento pode ser uma grande saída para reforçar e fixar conteúdos essenciais para o dia a dia dos colaboradores. Assim sendo, aqui destacamos algumas das principais vantagens em conhecer e apostar nessa metodologia:

Facilidade para produzir e consumir

Impossível falar sobre as vantagens das Pílulas do Conhecimento e não citar a facilidade oferecida por esse formato de conteúdo. E essa facilidade vale tanto para a produção quanto para o consumo. Isso acontece porque, por ser um material mais curto e conciso, ele exige menos tempo e recursos.

Ele deve, sim, ser profissional e qualificado. Porém, por ser de pequena duração, além de ser produzido — e consumido — de maneira mais rápida e precisa.

Atualização constante

Exatamente por ser fácil de ser produzido, os materiais no formato de Pílulas do Conhecimento podem — e devem — ser atualizados sempre que necessário. Produzir novas videoaulas longas, com módulos e demais materiais de ensino é algo que pode exigir muito dos profissionais. Porém, atualizar conteúdos de Microlearning é algo mais fácil.

Assim sendo, esse material pode ser usado exatamente para ensinar ações e repassar informações que são atualizadas com frequência.

Mensagem certeira

O conteúdo das Pílulas do Conhecimento são facilmente absorvidos. Isso significa que esse material deve ser usado para compartilhar ações relevantes e importantes. Ainda, podem ser repassados para os colaboradores várias vezes. Essa ação faz com que o conteúdo seja mais facilmente assimilado e aprendido.

Personalização de acordo com o público

É possível ensinar e transmitir a informação de várias formas diferentes, de acordo com o seu público. Assim, a empresa pode fazer testes até encontrar o melhor formato de ensino. Ou seja: o que mais traz resultados positivos para a empresa e impacta efetivamente os colaboradores.

Ainda, além de personalizar o conteúdo, também é importante garantir que ele seja consumido em diversas plataformas. Ou seja: via smartphones, tablet e PC.

Garantia de engajamento

Materiais de curta duração, bem feitos e com temas impactantes chamam a atenção do seu público corporativo. Para ter uma boa garantia de engajamento é importante fazer uma espécie de pesquisa interna a fim de descobrir o que o seu time precisa aprender e aperfeiçoar. Essa ação faz com que você compreenda quais são as demandas do seu colaborador. Então, basta trabalhar para produzir um material relevante para transmitir esse conhecimento.

Equipe qualificada

Por fim, a grande vantagem de contar com os materiais baseados na metodologia das Pílulas do Conhecimento é contar com uma equipe qualificada. Ou seja: bem informada, alinhada, com os treinamentos em dia e engajada. Tudo isso por meio de ações com bom custo benefício, que valorizem o aprendizado e façam com que o seu time receba sempre ações de desenvolvimento atualizadas e bem produzidas.

– Você pode se interessar por: Conheça o passo a passo para organização de treinamentos para suas equipes

Pronto para aplicar a metodologia de Pílulas do Conhecimento na sua empresa?

Lembramos que essa estratégia é mais indicada para repassar informações sobre procedimentos do dia a dia, atualização de políticas, conhecimento de produtos e serviços, habilidades simples e técnicas. Também, é um método para reforçar conhecimentos já ensinados previamente.

Porém, se o objetivo é inserir um tópico novo de ensino ou ensinar conteúdos mais complexos e extensos, talvez seja importante conhecer e investir em metodologias diferentes. Por exemplo: a realização de cursos separados em tópicos e módulos distintos, por exemplo.

Agora que você já sabe mais sobre como funciona esse método de compartilhamento de informações, que tal colocá-lo em prática? Terminou de ler o artigo, mas ficou com alguma dúvida no assunto? Então deixe seu comentário!

Planejamento de cursos online

Planejamento de curso


Categorias