planejamento de marketing ead

Como planejamento de marketing se encaixa no seu EAD

Planejamento de marketing é um processo de aprendizagem para muitos produtores de conteúdo, pois esta etapa do projeto exige certa dedicação. Como nem todos possuem conhecimento nesta área essencial para o seu curso online ser um sucesso, vamos mostrar como o planejamento de marketing se encaixa em um curso de ensino à distância e ajudar você a colocar em prática estes conceitos para tornar a sua vídeo aula um sucesso.

O planejamento de marketing não está apenas aliado à sua estratégia de vendas e como trazer mais alunos. Ele também é fundamental para a concepção do seu projeto como um todo. Compreender o seu público e como ele se comporta são algumas direções que um bom plano de marketing te dá.

Produzir um curso EAD exige um conhecimento na área planejamento de marketing para que as pessoas conheçam o seu trabalho.

Mas antes de começarmos a traçar o plano de marketing, é válido lembrar que tudo nele precisa ter um sentido. A intenção aqui é não “fazer por fazer”, mas ter metas e objetivos traçados para cada ação. Prever seus desdobramentos a curto, médio e longo prazo é um desafio que deve ser aceito de imediato.

Um empreendedor que está sempre preparado nunca é pego desprevenido e vai mais longe. Considerar diversas hipóteses e cenários diferentes e traçar soluções para cada uma delas é fundamental.

Neste texto você vai aprender tudo isso e muito mais. Descubra qual é a melhor estratégia para trabalhar seu curso online e quais canais de conteúdo utilizar. Saiba quais são as melhores formas de venda e como alavanca-las com promoções. Mas antes de fazer tudo isso, primeiro você precisa saber quem é o seu público.

CTA Ebook Promover

Banner_Ebook-Planejar-promover-cursos-online_Eadbox

A importância do Público Alvo

 

Conhecer o seu público alvo é fundamental para iniciar o planejamento de marketing, mas não só para isso. Saber algumas características, como a idade, localização e estado civil podem até mesmo mudar a dinâmica da sua aula.

Um público que possui por volta de 40 anos, é casado e mora no nordeste possui referências e até mesmo uma curva de aprendizado diferente de um público que possui em média de 20 anos, é solteiro e reside no sul do país.

Existe um erro muito comum das pessoas que estão produzindo o primeiro plano de marketing que você não pode cometer. Assumir que “todo mundo” é seu público é, no mínimo, preguiçoso e pode comprometer todo o seu projeto. Invista mais tempo nesta parte e tenha a certeza de que será recompensado nas vendas, pois seu esforço será menor.

Quanto mais assertivo você for na hora de construir o seu público, menor será o tempo e dinheiro investido para converter um prospect (cliente em potencial) num aluno, com isso também diminui a probabilidade de você captar alguém que não faz parte do seu público e acabar causando problemas por conta disso.

Saber identificar quem não é seu público também é uma tarefa difícil, mas pode te poupar de problemas futuros. Vamos imaginar que seu curso online é sobre pintura de paredes, voltado para iniciantes. Seu público são as pessoas que querem aprender a pintar para não precisar pagar outras pessoas por este serviço. Mas se um pintor experiente chegar até a sua aula ele vai se tornar uma influência negativa no mercado. Ele pode afirmar que seu curso é fraco e que não entrega o que promete, quando o problema no nível de conhecimento dele que é acima do proposto para a sua aula. Percebeu o problema que isso pode causar?

 

Como encontrar meu público alvo?

 

Agora que você já tem uma mínima noção teórica da importância do público alvo, vamos para a prática. O aluno de um curso online está na internet, é óbvio, mas esta característica traz consigo algumas peculiaridades interessantes.

A primeira delas é que este aluno está acostumado a buscar conteúdo na internet, logo, você precisa ter um diferencial. A internet está repleta de conteúdo gratuito de qualidade, mas você vai vender o seu conhecimento. Este consumidor tem bem definido quais são suas metas e objetivos que a sua vídeo aula vai ajudar a cumprir. Ou seja, o consumidor está muito mais preocupado com a qualidade do conteúdo do seu curso online.

Com isso em mente, é hora de destrinchar este aluno e saber mais sobre quem ele é. Saber a sua idade, estado civil e gênero é essencial para começar. Renda não é tão importante quanto parece, pois se ele está buscando conteúdo na internet ele está propenso a investir em sua formação, e cursos de ensino à distância tendem a ser mais baratos e práticos do que cursos presenciais.

Saiba mais: Pesquisa de mercado: como definir seu público-alvo?

Um jeito interessante para você encontrar o seu público alvo é criando personas. As personas nada mais são do que uma representação visual do seu público alvo. Com a criação de alguns perfis você consegue visualizar com maior clareza quem é o seu público alvo e como ele se comporta. A EadBox possui a ferramenta certa para você criar as suas personas. Clique no link abaixo e acesse a ferramenta Aluno Ideal, com ela você cria personas em poucos minutos. Depois de fazer isso, vamos para o próximo passo do nosso planejamento de marketing.

 

CTA Aluno ideal

criar persona do aluno ideal e planejamento digital

 

Marketing de conteúdo para meu curso online

 

Uma das melhores estratégias para atingir os seus prospects em um curso ead é através do marketing de conteúdo. Você vai utilizar o seu site para publicar conteúdos relacionados com o tema do seu curso online. Essa será a isca para o seu público chegar até o seu site e conhecer o seu conteúdo, o seu trabalho. Este conteúdo deve ser trabalhado de maneira inteligente, com um cronograma de publicação e periodicidade.

Quando o seu prospect chegar até o seu site, o seu post deve despertar nele um interesse sobre o assunto. Com este “gostinho de quero mais” o seu público vai voltar e consumir novos conteúdos que você disponibilizar. A ideia é fidelizar o seu público, despertar o interesse e gerar a necessidade dele saber mais sobre o tema. Este processo demora alguns meses para dar resultado, mas é extremamente eficaz.

Caso você queira acelerar o resultado, você pode investir no Google AdWords e Facebook Ads. Estas ferramentas possuem uma taxa de entrega muito grande, com detalhes em seus resultados que podem ser utilizados para melhorar ainda mais a sua estratégia de divulgação, para que você tenha a certeza de que seu investimento está sendo investindo em algo que traga resultados reais. Fique sempre de olho nos resultados das campanhas para garantir que o investimento está sendo direcionado de maneira correta. Você também pode terceirizar este serviço para agências de publicidade.

Existe uma velha máxima no mundo da publicidade que afirma que “você deve investir 20% do seu faturamento em marketing”. Este valor é o mínimo necessário para que o seu negócio continue com um crescimento sustentável. Não considere como um gasto, mas sim como um investimento. Lembre-se: quem não é visto, não é lembrado.

 

Quais redes sociais devo utilizar?

 

O Google AdWords e Facebook Ads vão dar um gás na divulgação, mas não se esqueça das outras ferramentas.

Instagram, Snapchat, Google Plus e Youtube também podem ser ferramentas interessantes para a divulgação da sua vídeo aula. Se bem utilizadas, as mídias sociais podem fazer toda a diferença em seu planejamento de marketing. Cada uma delas possui uma característica própria, vamos a elas.

Facebook: talvez o mais popular entre os brasileiros e a mais eficaz por conta disso. Crie eventos para lançar cursos, grupos de discussão para se aproximar do seu público e uma página para divulgar os seus posts e cursos. O Facebook ainda conta com a ferramenta Facebook Ads, que gerencia os anúncios patrocinados e garantem uma ótima eficácia na entrega.

Instagram: pertencente ao mesmo grupo do Facebook, esta mídia voltada para fotos pode ser uma grande aliada para as suas vendas. Você também pode investir nela utilizando o Facebook Ads e utilizar os botões “call to action” para acelerar suas vendas. Recentemente a mídia também incorporou os “moments”, pequenos vídeos que ficam disponíveis por um determinado período e depois somem.

Snapchat: a ferramenta dos jovens que possui algumas peculiaridades. Você pode disponibilizar imagens e vídeos de até dez segundos. Estes vídeos ficam disponíveis por 24 horas na rede social. A intenção aqui é atualizar sempre a mídia. Experimente atualizar com pequenas pílulas de conteúdos e dicas sobre assuntos relacionados ao seu tema.

Google Plus: a rede social do Google não caiu nas graças dos brasileiros, mas é extremamente importante. Você não precisa gastar horas trabalhando com ela, mas divulgar os seus posts nela é muito importante. O Google dá um grande valor de indexação de SEO para os materiais disponibilizados nesta rede social.

Twitter: esta ferramenta faz sucesso por ter uma cobertura em tempo real. É o que está acontecendo naquele momento que importa aqui. Por isso, pense duas vezes antes de abrir este canal. Ele é extremamente interessante para conquistar um público, mas demanda uma atenção constante.

Youtube: por último, mas não menos importante. Você pode utilizar esta ferramenta para disponibilizar trechos da sua vídeo aula ou até mesmo manter o canal com pequenas dicas de conteúdo sobre o tema que você aborda em seu curso online.

 

Como vender meu curso online?

 

Existem diversas formas de venda que você pode prever em seu planejamento de marketing. O marketing de conteúdo vai atrair os seus alunos por meio de um funil de vendas. Mas existem diferentes formas de você concretizar a venda, vamos a elas:

Licenciamento de conteúdo: esta á uma forma fácil de você compor uma biblioteca de cursos. Assim você não vende apenas os seus cursos online, mas também vídeo aulas licenciadas. Esta estratégia é ótima para quem está começando ou que possui uma grande quantidade de visitas ao site, mas não consegue produzir uma grande quantidade de cursos.

Marketplaces: parecido com o licenciamento de conteúdos, mas a diferença aqui está na oferta. Enquanto no licenciamento você só oferece cursos com o mesmo tema, no marketplace você se torna praticamente uma vitrine ou uma escola digital, que oferece cursos online de diversos temas.

Modelo Netflix: principalmente para quem possui um marketplace ou licenciamento de conteúdo de terceiros. Este modelo de assinatura permite que o usuário acesse todas as suas vídeo aulas disponíveis. Manter a sua biblioteca sempre crescendo é fundamental para manter e conquistar novos assinantes.

Venda por assinatura: esta é uma boa saída caso você tenha uma periodicidade de produção definida. Digamos que você publique um novo curso a cada mês. Desta forma o seu assinante tem direito a assistir o seu curso logo no lançamento. Esta é uma ótima maneira de criar estreitar o laço de relacionamento com o seu aluno.

 

Como utilizar promoções no meu curso online?

 

Outro jeito de estreitar os laços com seu aluno e ainda alavancar as suas vendas é através das promoções. Mas lembre-se que cada ação que consta no seu planejamento de marketing deve ter metas e objetivos. Não basta apenas oferecer descontos, você precisa compreender quais são os efeitos causados no público final.

Tenha cuidado para não banalizar os descontos e torna-los uma consequência automática de uma ação tomada pelo cliente. Por exemplo: se você oferecer 10% desconto para todo mundo que baixou o seu e-book, com o tempo o seu consumidor vai perceber isso, fazendo com que todos eles tomem esta ação antes de comprar o seu curso online.

Percebeu que ao invés de você facilitar a compra, está apenas aumentando a jornada de compra?

Maneiras interessantes e inteligentes de oferecer descontos são através de datas comemorativas. Voltando ao exemplo que damos acima, o dia do pintor é uma ótima oportunidade de ceder desconto. Você pode liberar um número limitado de desconto ou oferecer para todos os participantes que inserirem o cupom de desconto. Isso pode alavancar as suas vendas e sem diminuir seu tíquete médio, pois vai ganhar na quantidade.

Outra maneira interessante de trabalhar com descontos é para garantir a fidelização e gerar um relacionamento.

Vamos fazer um exercício simples aqui: ofereça 5% de desconto para os seus consumidores que concluírem o curso. Depois deixe uma mensagem bem chamativa: “quer ganhar mais 5% de desconto? Responda nossa pesquisa de satisfação”. Com isso você fideliza o seu consumidor e ainda aumenta a sua base de dados para melhorar o seu produto.

Para utilizar todas estas ferramentas e executar o seu planejamento de marketing você precisa de uma plataforma ead completa. Clique no link abaixo e receba 15 dias grátis da ferramenta EadBox. Com ela você tem acesso a um painel administrativo completo e intuitivo, confira!

 

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox


Categorias