montar curso online

Montar curso online: 7 passos para criar um curso de sucesso

A ideia de montar curso online parece simples em um primeiro momento. Você sabe que tem algo a ensinar e então basta apenas começar a trabalhar em suas videoaulas. Mas não é tão simples assim. Inclusive porque a parte de criar um curso online é apenas um pequeno pedaço de todo o processo de construir um negócio online.

O que entendemos com isso? Que montar curso online não envolve apenas ter videoaulas prontas. Você precisa ver o ato de ensinar algo através de uma plataforma EAD como um negócio e não apenas uma brincadeira.

Seguindo essa ideia, se um curso online é um negócio, isso significa que não é possível construí-lo em um único dia. Afinal, nenhuma empresa surge do dia para a noite. É preciso tempo e planejamento para montar curso online.

montar curso online

Porque muitos desistem de montar curso online?

No processo de montar curso online é possível observar muitas desistências. A pessoa tem uma ideia incrível e por acreditar que desenvolver as aulas era o único passo necessário acaba desistindo de seu negócio por não obter um retorno.

Mas afinal, onde se encontra o principal problema? No fato de as desistências ocorrerem antes de que seja investido o necessário para garantir que o curso online seja um sucesso. E não, o sucesso não depende apenas de você ter todo o material pronto ou ser um expert em determinado assunto.

Inclusive vale comentar que a criação do curso online, ou seja, o planejamento do material a ser apresentado é um dos últimos passos do processo de montar curso online.

7 passos para obter sucesso ao montar curso online

Agora que você já sabe quais são os principais erros de quem decide iniciar um negócio de cursos online, vamos conhecer os 7 passos que você deveria seguir para garantir o sucesso do seu curso:

1 – Decidir o que você quer ensinar

O primeiro passo envolve a escolha de um tema. Sobre o que você deseja falar? O ideal é ser o mais específico possível ou trabalhar com assuntos que conversem entre si.

Nesse momento evite pensar “não vou escolher isso porque é muito concorrido” ou “vou trabalhar com um tema que está em alta”. Lembre-se que um dos principais objetivos de um curso online é transmitir conhecimento. Então opte por aquilo que você realmente se sente apto a ensinar.

Dica: Cuidado para não selecionar algo muito geral, que não vá agregar nada a quem compra o seu curso.

2 – Verificar a demanda do mercado

Definiu qual será o assunto a ser tratado? Agora é o momento de pesquisar como é a demanda do mercado por este tema. É algo muito procurado? Ou ainda desconhecido? Tente descobrir aqui se ao menos existe demanda para o que você quer ensinar e se as pessoas estão interessadas em gastar dinheiro com isso.

Entender se a demanda por seu assunto é alta ou baixa vai ajudá-lo a definir seu público-alvo e trabalhar com estratégias de divulgação. Quanto mais demanda, mais fácil é atingir o target, no entanto se o tema ainda não tem grande importância é hora de você mostrar o porque as pessoas deviam aprender sobre isso.

3 – Criar uma marca atraente e única

Lembre-se que você agora é uma empresa. Uma empresa que oferece cursos online sobre o assunto “x”. Isso significa dizer que será preciso criar uma marca e o ideal é que vá além de “Curso de customização de camisetas da Camila”.

Faça um rascunho com nomes que você acredita que seriam chamativos e únicos para sua marca. Troque ideias com conhecidos e se você já tem um público que lhe acompanha, crie uma enquete com os nomes de marca mais atrativos.

Quanto mais criativo você for aqui, maiores suas chances de conquistar seu público antes mesmo de que ele tenha acesso a mais dados do seu material. A ideia principal é despertar o interesse, instigar a curiosidade e passar credibilidade.

4 – Construir sua audiência

A audiência para suas videoaulas não surge do dia para a noite. Você é quem precisa construí-la. Independentemente de você já ter um público que o acompanhe ou não, é hora de começar a divulgar suas ideias.

Você se lembra do passo 2, quando estudou como estava a demanda para o tema que escolheu? Nesse passo você também teve uma ideia de como é o perfil das pessoas que buscam pelo seu material. Agora você vai investir nelas.

Desenvolva um e-mail marketing, trabalhe com Facebook Ads, crie sua página caso ainda não possua, faça anúncios na internet, conheça outras pessoas que trabalham na área. Sim, nesse primeiro momento será preciso investir um pouco de dinheiro, mas o objetivo é atingir pessoas que vão realmente comprar o seu negócio e se tornar clientes fiéis.

5 – Criar o seu curso online

Você chegou ao passo mais esperado. Ou àquele que a maioria das pessoas acredita ser o único que importa ao montar curso online. Comece a desenvolver o que você vai falar.

Crie um planejamento, separe tópicos para suas videoaulas, prepare atividades para seus alunos. Se ainda não o fez, comece a gravar seus vídeos. É importante não esquecer de fazer um roteiro também, para que você não se perca durante as explicações e deixe sua filmagem a mais dinâmica possível.

Nesse passo você também irá determinar valores e precificar o seu curso. Pretende começar com uma prévia gratuita? Deixe isso anotado no seu planejamento.

6 – Fidelizar o cliente

Se você chegou até aqui é provável que esteja feliz com os resultados. Conseguiu criar o seu curso e atingir seu público-alvo, mantendo uma audiência e observando retorno financeiro.

No entanto, sua tarefa não termina aqui. Inclusive, um negócio online pode se assemelhar e muito a algo físico. Quando você frequenta uma loja deseja ser bem atendido e só retorna caso sinta que vale a pena, não é mesmo?

Em um curso online a situação é praticamente igual. Sua divulgação pode ter atingido milhares de pessoas que compraram a primeira aula. Agora, se você não trabalhar em mantê-las, em mostrar que se preocupa com seu público, a tendência é que eles percam o interesse em seu negócio. Ou até mesmo esqueçam que você existe.

Mande e-mails de pós-aula, peça feedbacks, envie ofertas e até mesmo convide essas pessoas a assistirem outras aulas. De vez em quando é possível dar alguns mimos, como descontos e até mesmo aulas gratuitas. Além disso, fazer webinars também é uma forma de manter seus clientes fiéis.

7 – Invista em seu negócio

Depois de conquistar seus clientes e ter seu curso pronto é hora de investir em seu negócio e pensar na possibilidade de viver apenas disso. Um curso online funciona exatamente como qualquer outro negócio.

Tente automatizar o máximo possível as atividades repetitivas. E comece a formar uma equipe que irá trabalhar ao seu lado. Conforme seu negócio for crescendo é natural que você precise de ajuda para mantê-lo em funcionamento.

Conclusão

A grande maioria das pessoas que decidem investir em montar curso online percebem isso como um hobby. Ou algo que não faz parte do seu profissional. A verdade é que um curso EAD é tão importante quanto qualquer outro negócio e é possível viver apenas disso.

Se permita pensar grande, em tornar o curso online sua única fonte de sustento. Essa pode ser a sua chance de se tornar um empreendedor de sucesso!

CTA Planejamento de cursos online

Planejamento de curso


Categorias