transmissão streaming

Transmissão streaming: saiba o que é e como fazer

Provavelmente você já ouviu falar de transmissão streaming e quis fazer sua própria transmissão ao vivo. Contudo, muitos ainda têm medo de começar uma transmissão por não ter afinidade com essa prática.  Ela é mais simples do que se imagina, mas assim como qualquer outra estratégia, necessita ser bem planejada e organizada.

As transmissões gravadas, geralmente, têm uma boa aceitação do público, todavia o momento ao vivo causa um impacto muito maior. Os participantes de uma transmissão ao vivo se sentem mais próximos dos apresentadores.

Leia também: transmissão ao vivo: como se aproveitar desta ferramenta?

transmissão streaming

O que é transmissão streaming

A transmissão streaming faz parte do nosso cotidiano há mais tempo que imaginamos. O Youtube é um exemplo disso, a plataforma disponibiliza vídeos para você assistir de acordo com a qualidade de sua rede. Sem a necessidade de fazer download, fazendo com que você não tenha que esperar baixar para poder assistí-lo.

O streaming vai um pouco além disso, é o tipo de transmissão feito ao vivo, ou seja, a pessoa também não precisa baixar o vídeo para assistir. Basta entrar no site em que o vídeo vai ser hospedado e iniciar.

A grande questão do streaming é que por ele ser feito de acordo com a capacidade da rede. Portanto, se sua internet for um pouco mais lenta o vídeo será transmitido com uma qualidade um pouco mais baixa, porém sem travar.

Talvez seja de seu interesse: o que é webinar: entenda o conceito e como fazer o seu.

Aprenda a fazer uma transmissão streaming

Para fazer uma transmissão streaming você vai precisar de equipamentos, além de um bom planejamento. Comece pensando em como você fará a transmissão, posicionamento de câmera, sons que deseja captar e iluminação. Com isso bem estruturado, vamos ao passo a passo para fazer sua transmissão:

1- Tenha uma câmera

Se você acha que esse não é o momento de investir em equipamentos, não tem problema, é possível usar um notebook. É claro que a qualidade de imagem não será a mesma de um câmera com uma tecnologia melhor, mas para um início é uma boa pedida.

Se você quer investir em uma câmera, mas não sabe qual, leia nosso post “câmera para gravar vídeo: qual a melhor opção para criar os seus?” e tire suas dúvidas.

2- Use um bom microfone

Para quem está inserido no mundo audiovisual sabe que a imagem é muito importante, mas o som tem um impacto ainda maior. Você conseguiria assistir um vídeo em que a imagem não está a melhor possível, porém se o áudio está ruim ou com muito ruído fica praticamente impossível assisti-lo.

Leia também: tipos de microfone: quais os melhores para sua videoaula.

3- Pense na iluminação

É super normal esquecer de pensar na iluminação, mas ela faz uma diferença gigantesca no resultado. Portanto, é necessário ter alternativas, por exemplo, se o vídeo for gravado de manhã é possível utilizar a iluminação de janelas. Caso seja feito à noite a iluminação artificial será necessária, nesse caso é possível usar de luminárias ou mesmo um softbox.

Leia também: dicas de iluminação para o seu home studio.

Agora que você já sabe o que é e como fazer sua própria transmissão streaming que tal colocar em prática?

 

CTA Produtividade

banner ebook produtividade


Categorias