Dicas de produção

5 dicas de produção imperdíveis para suas vídeo aulas

Saber algumas dicas de produção para produzir suas vídeo aulas é essencial para encurtar tempo e otimizar seu tempo. Quanto melhores forem os seus resultados, mais você vai vender. Quanto menos tempo levar para produzir, mais conteúdo vai conseguir entregar para o seu público. Ou seja, saber como otimizar o tempo de produção de vídeo aulas é essencial para o sucesso do seu curso online.

Vale lembrar que os métodos de aprendizado de ensino a distância (EAD) têm crescido exponencialmente com o passar dos anos. Uma das principais tendências dessa área são as vídeo aulas – que podem tratar dos mais diferentes assuntos. Porém, os materiais devem ter sempre alguns pontos em comum para alcançarem o sucesso: bom conteúdo, boa edição (som e iluminação), duração adequada, entre outros – temas que vão explorados nesse texto.

Em 2015, enquanto o mundo se deparava com a explosão de uma grande crise política e financeira, o mercado de EAD de lucrou 107 bilhões de dólares. E os números não param de crescer. Estudos também apontam que nesse mesmo ano 86% dos brasileiros consumiram vídeos online. Ainda em 2015,os vídeos online corresponderam a 57% do tráfego de internet das pessoas. Em 2017, é esperado que esse número chegue em 67%.

Veja também: projeções do Ead para 2017.

Mas o que estes dados significam? Que os vídeos online são uma forma de conteúdo cada vez mais valorizadas pelo público brasileiro. Agora que você compreendeu um pouco da realidade do ead, vamos para a prática aprender algumas dicas de produção.

5 dicas de produção para melhorar a qualidade das suas vídeo aulas

1. Planejamento é tudo

Planejar e testar o conteúdo do vídeo antes de disponibilizá-lo é essencial. Para isso, escolha o que será falado e separe em tópicos. Pense se será necessária a produção de mais de um vídeo para passar as informações desejadas. O planejamento também aborda a forma a qual será tratado o conteúdo: formal ou informal? Terá trilha sonora? Efeitos visuais?

2. Olho o tempo!

A psicologia descobriu que as pessoas mantém sua atenção em algo por cerca de 20 minutos. Porém, tratando-se de vídeos online, bastam apenas 60 segundos para trocar o foco.

Outra pesquisa mostrou o seguinte resultado: foram apresentados dois vídeos para um grupo de pessoas; a única diferença entre eles é que um possuía 10 segundos de duração a mais. O resultado? O vídeo mais curto teve a atenção do público durante 72% da sua exibição; o mais longo foi visto por apenas 50% de sua duração. Isso nos leva ao terceiro tópico, que é…

3. Seja objetivo

Vídeos de curta duração são mais indicados para prender a atenção até o final. Invista em mensagens objetivas e seja didático. O público deseja absorver com facilidade as informações.

4. A ordem altera sim o resultado

Conforme transcorre o vídeo, a audiência diminui. Isso acontece porque as pessoas se cansam ou se distraem. Para evitar que isso aconteça, comece a vídeo aula com as mensagens e informações mais importantes. Depois parta para os detalhes.

5. Luz, câmera (som)… e ação!

Luz e qualidade de vídeo/som são essenciais. Hoje um smartphone bem posicionado resolve essa questão. Apenas avalie a entrada de luz onde será feita a filmagem. O áudio deve ser bem captado e a edição pode ser a mais simples possível – se o conteúdo for bem apresentado, não será problema.

Não perca mais tempo

As vídeo aulas se tornaram recursos essenciais para o sucesso de um negócio EAD – e o sucesso dessa forma de aprendizado só tende a crescer. Entendendo a importância das vídeoaulas, estudando e planejando os materiais com atenção, com certeza o conteúdo apresentado será de mais fácil entendimento e interessante para aqueles que o assistem. Está esperando o que para começar a utilizar as dicas de produção acima? Ainda está com dúvidas? Continue lendo este texto para entender um pouco mais deste universo ead.

Acabando com o “preconceito” contra vídeos

Muitas pessoas ainda acreditam, erroneamente, que só é possível aprender com materiais extensos e escritos. Porém, materiais com recursos visuais (como as vídeo aulas) possuem grande apelo para compartilhamento, principalmente em redes sociais e e-mails. Segundo a 3M Corporation e a Zabisco, 90% das informações transmitidas ao cérebro são visuais, – e elas são processadas 60.000 vezes mais rapidamente do que os textos. Além disso, vídeos formam lembranças mais duradouras da informação do que apenas a utilização de textos.

Tratando-se de e-mails, o simples uso da palavra “vídeo” em um assunto de e-mail faz a sua taxa de abertura aumentar em aproximadamente 19% e a de cliques em 65%, dependendo do contexto.

Resumidamente: se ainda existe algum “preconceito” com a utilização de vídeos, está mais do que na hora dele acabar. E esse argumento se fortalece ainda mais quando basta lembrar que é possível fazer um vídeo de sucesso sem nem precisar sair de casa.

Veja também: um guia para sua videoaula ser um sucesso.

Por que investir nas vídeo aulas?

As vídeo aulas possuem um formato didático, o que facilita a absorção e engajamento do conteúdo. Esse engajamento faz com que as pessoas permaneçam mais tempo no seu site – e, com isso, consumam mais informação. Além disso, é sabido que produzir um conteúdo em vídeo toma mais tempo do que um material escrito –  por isso as dicas de produção acima são importantes. Isso cria uma percepção positiva da sua marca ou empresa para aqueles que visitam o seu site. Demonstra que esse conteúdo é realmente importante para você.

Atualmente, o conteúdo em vídeo é o principal recurso na modalidade de EAD. As vídeo aulas são uma das ferramentas mais poderosas e eficazes na transmissão de conteúdos educativos de maneira clara e dinâmica. Outro ponto importante para a produção de vídeos é que utilizando apenas um smartphone já é possível fazer bons vídeos. Ou seja: depende apenas de você.

A acessibilidade também é destaque para as vídeo aulas. Já parou para pensar quantas pessoas deixam de fazer cursos presenciais por causa do deslocamento? Agora, isso não é mais problema.

Veja também: como é o mercado de cursos online no Brasil?.

Como produzir vídeo aulas?

Para produzir videoaulas efetivas, não basta ter o conteúdo: é preciso pensar em como apresentá-lo. Além disso, antes de dar o passo maior do que a perna, é preciso estudar o mercado: quem é o seu público? Isso vai definir o estilo do seu vídeo, a linguagem a ser utilizada, o método de distribuição, etc. Conhecendo aqueles que consomem o seu conteúdo, você descobrirá se possui mercado o suficiente para a produção audiovisual. Lembre-se de utilizar as dicas de produção que passamos no começo do texto para otimizar as suas vídeo aulas.

Veja também: plano de negócios: qual o melhor para seu negócio de cursos online

Não existe uma receita de bolo pronta para o sucesso de vídeo aulas; existem dicas, baseadas em estudos, que podem ser seguidas a fim de conquistar a fidelização e engajamento do seu público. O objetivo é transmitir da melhor forma suas ideias e informações no formato audiovisual.

CTA ebook cursos online

ebookcursos-online


Categorias