aprenda hoje a fazer seo e faça seu curso online vender mais

Aprenda hoje a fazer SEO e venda mais seus cursos online

Um dos segredos para conseguir alavancar as vendas do curso online é fazer com que o seu site esteja bem posicionado nas pesquisas do Google. Existe um velho jargão nas agências que trabalham com SEO que diz: “o melhor lugar para esconder um corpo é na segunda página do Google, pois ninguém procura algo lá”.

Se você não sabe o que é SEO, vamos lhe ensinar de maneira simples para você entender. SEO é uma sigla para Search Engine Optimization. Em português, esta expressão pode ser traduzida para “motores de busca” ou “mecanismos de pesquisa”. Mas, para facilitar, vamos substituir essas tentativas de traduções para “otimização de sites”.

A principal função do SEO é fazer com que o seu site converse com os algoritmos de pesquisa do Google. Se você está procurando um curso online voltado para o Facebook Ads e procurar isso na barra de pesquisas do site, o Google vai lhe apresentar os principais resultados. É o SEO que aponta para o buscador qual o conteúdo do seu site.

Neste texto vamos mostrar para você quais são os tipos busca disponíveis do Google e como melhorar hoje a sua colocação no Google para você vender mais.

 

CTA Ebook cursos online

ebookcursos-online

Como melhorar meu ranking no Google?

Para melhorar a sua colocação no Google você precisa compreender como o seu público final realiza as pesquisas quando está procurando pelo seu curso online. O próprio Google disponibiliza ferramentas que podem lhe auxiliar a fazer isso de maneira simples, fácil e, o melhor de tudo, gratuita.

O Google Trends e o AdWords Planner vão ajudar você a encontrar as melhores palavras chave para otimizar o ranking do seu curso online. Esta parte é essencial, pois não há como fazer com que o seu texto esteja bem ranqueado se você não souber escolher bem as palavras chave, ela tem uma grande participação no texto e no conteúdo.

Por exemplo, você possui um curso online de Facebook Ads e está trabalhando com marketing de conteúdo, o título do post precisa conter a palavra chave que possui uma melhor adesão pelo seu público, que você vai descobrir qual é através do Google Trends e do AdWords Planner. Fique atento, o título deve conter entre 50 e 68 caracteres. O título deve chamativo, atraindo a atenção do seu leitor. Lembre-se que ele precisa lhe encontrar em suas pesquisas, então trabalhe com expressões que o seu público buscaria.

Um ponto importante para a sua página, mas que não conta para o ranking do Google é o “meta descripition”. É um texto que possui por volta de 150 caracteres que descrevem o que aquela página possui. Procure descrever a sua página com precisão e com um texto bem atrativo.

O Google trabalha com a relevância da página, e uma maneira para que você consiga relevância é através de links, sejam eles internos ou externos. Nenhum conteúdo, por mais extenso que seja, vai ser extremamente completo, sempre vai ter uma ponta solta. E é aí que os links entram, para aprofundar o conteúdo.

Existem dois tipos de links que podem ser feitos: o interno, no qual você direciona o leitor para uma página dentro do seu site, o que lhe ajuda a se tornar uma autoridade e mantendo o seu prospect em seu domínio; e o link externo, que direcionam para outros sites que não o seu, muito utilizado para assuntos que fogem da sua alçada. Mas tome cuidado, encher o seu post de links pode dificultar a leitura do seu prospect, fazendo com que ele vague entre as suas páginas e não consiga aproveitar nenhum dos conteúdos.

Tipos de resultados de busca

O Google mostra os resultados das pesquisas de duas formas diferentes, as orgânicas e pagas. Os resultados pagos aparecem em dois locais diferentes, geralmente eles são os primeiros da lista e aparecem destacados. Eles também podem aparecer na coluna da direita. Estes anúncios pagos podem ser comprados através do Google AdWords.

 

Saiba mais: Porque investir em AdWords?

 

Já as técnicas de SEO são utilizadas para o que chamamos de resultados orgânicos, naturais ou gratuitos. Eles aparecem abaixo dos resultados pagos. Vale lembrar que nem sempre uma palavra chave possui um anúncio, e estar bem colocado nas pesquisas orgânicas pode fazer o volume de acessos do seu site disparar.

Site responsivo

Outro ponto importante para o ranking do Google o seu site ser responsivo, ou seja, ele precisa abrir tanto em um desktop quanto em um dispositivo móvel. A usabilidade também é importante, quanto menos cliques o seu prospect precisar dar em seu site até encontrar o conteúdo que ele deseja, melhor. Com certeza você já foi até um site que você estava procurando algum conteúdo e acabou desistindo após o quinto clique. Para saber se o seu site é responsivo, insira a barra de endereço do seu site no Google Mobile-Friendly Test.

Ferramentas de SEO

Existem várias ferramentas que podem lhe auxiliar a realizar o ranqueamento das suas páginas, não tendo a necessidade de você contratar um serviço de uma agência terceirizada para desenvolver a otimização do seu site.

Principalmente para quem está iniciando, investir dinheiro em uma agência para trabalhar com o SEO do site logo de cara pode comprometer o andamento do seu curso online.
Uma maneira de começar é através do plugin para wordpress Yoast SEO. Ele possui uma versão free que vai te ajudar a compreender como funciona o SEO em uma página.

Ver o outro lado da moeda é sempre interessante, vale a pena dar uma olhada nas vantagens de ter uma empresa que trabalhe e construa o SEO, pois elas possuem uma expertise muito grande devido ao tempo que dedicam a este assunto, além de ter as informações sempre atualizadas dos algoritmos que são utilizados pelos buscadores.

Este é o começo de uma estratégia que vai fazer você se ter mais acessos em seu site, fazendo com que os prospects cheguem até você. Por isso você precisa de uma plataforma que transmita a melhor experiência para os seus alunos.

CTA Trial

trial


Categorias