Como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento

Como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento em 5 passos6 min read

De um tempo pra cá, as empresas passaram a compreender melhor a importância de investir na qualificação de seus colaboradores. Apostar em treinamentos, cursos e projetos de desenvolvimentos eficientes está virando rotina. Porém, para acertar de forma eficaz no conteúdo que será passado para os colaboradores, é preciso saber como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento.

Para desenvolver um bom projeto de treinamento é preciso que a empresa coloque essa questão em sua lista de prioridades. Assim, perceberá que esse é um investimento que trará inúmeros resultados positivos para a empresa.

Para isso, essa é uma questão que precisa estar presente na cultura da organizacional – que não deve ser engessada e ficar presa à premissas do passado.

Os gestores devem compreender como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento bem estruturado. Vale ressaltar aqui que prevenir é melhor do que remediar. Ou seja: a empresa deve investir em um bom projeto de treinamento antes que haja um grande problema a ser resolvido.

Analisar a empresa de forma minuciosa e compreender questões que podem vir a ser um problema no futuro é importante. A partir de então, aprenda como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento.

 

Como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento

Investindo no projeto treinamento e desenvolvimento (T&D)

Antes de aprendermos a como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento, devemos entender que existem diferenças entre treinamento e desenvolvimento. Porém, podem – e devem – andar de mãos dadas.

De forma resumida, o treinamento pode ser definido como algo que ensina questões mais técnicas e objetivas. Já o desenvolvimento trabalha com o lado mais humano e com as qualidades intrínsecas de cada um.

Para ser considerado um profissional completo e capaz, é preciso unir capacidades de ambos os lados: pessoais e profissionais.

Vale lembrar que tanto o treinamento quanto o desenvolvimento trazem benefícios e mudanças para o colaborador e para a empresa.

Com funcionários capacitados, seguros e motivados, os resultados são melhores. Nesse artigo, de como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento, veremos sua importância e como estruturá-los com eficiência.

Qual o objetivo em estruturar um projeto de treinamento e desenvolvimento?

O treinamento deve ser feito com foco na melhora ou aprendizado de habilidades e competências específicas.

O objetivo é que o colaborador passe a desempenhar melhor a sua função, seja ela nova ou não. Para trabalhar com alta produtividade, eficiência máxima, gerindo melhor seu tempo e produtividade. Os treinamentos são essenciais nesse processo.

Você já ouviu falar em treinamentos à distância para empresas e colaboradores? Conheça mais sobre essa tendência que vem ganhando mais espaço no mundo corporativos no artigo exclusivo; “Leia nossas dicas para ter sucesso no treinamento online de colaboradores”.

Para o ensinamento ter o seu objetivo cumprido, é preciso estruturar um projeto de treinamento eficaz. Não existe uma receita certa e exata para isso, porém, podem ser seguidos alguns passos que auxiliam muito nessa jornada. Abaixo separamos um passo a passo para construir esse projeto, confira:

1. Qual é o objetivo do treinamento?

Sem um bom objetivo, não há uma boa ação. Por isso, antes de qualquer atitude, é preciso saber qual o objetivo claro do treinamento a ser oferecido. No caso do treinamento, você deve definir qual é o problema a ser solucionado.

O problema em questão pode ser de inúmeras naturezas, por exemplo; falta de motivação no trabalho, faltas recorrentes, acidentes de trabalho, baixa produtividade em um setor específico, entre outros.

Tendo em mente qual é o problema, passa-se a pensar na melhor solução para ele – e para quem ele será oferecido.

Para ter certeza das questões a serem resolvidas, pode ser necessário um estudo e análise detalhada de cada setor e equipes.

2. Colocando o treinamento em ação

Identificado o problema e em qual setor é o problema, é hora de solucioná-lo.

Para isso, a empresa pode utilizar vários formatos de treinamentos: via plataformas EAD, aulas presenciais, palestras, jogos, etc. Também deve ser pensado qual o tempo de duração do treinamento.

Para realizar uma avaliação de treinamento para garantir que o conhecimento realmente foi absorvido como deveria.

3. Mensurando os resultados

As avaliações e testes auxiliam a perceber se a informação foi absorvida. Porém, é na ação do dia a dia que a empresa consegue ter noção se esses ensinamentos estão sendo aplicados.

Para ter certeza disso, é importante que a empresa mantenha sempre um controle sobre seus níveis de produção.

Lembre-se sempre: metrificar é importante! Por isso, mesmo se existir algum mês em que não exista nenhum treinamento em andamento, a empresa não deve se desleixar no que diz respeito às suas estatísticas.

Neste caso é importante que a empresa entenda o que é ROI de treinamento e desenvolvimento e mantenha constante análise das informações sobre o retorno de cada investimento em capacitação.

É importante ter um documento com todas essas informações detalhadas. A partir de então, após a realização de um treinamento, será mais fácil analisar se os resultados estão sendo colocados em prática.

4. Pedindo feedback para os colaboradores

Nada é tão bom que não possa ser melhorado. Sendo assim, se o treinamento for um sucesso – ou se, por um acaso, não alcançar os objetivos propostos – você deve saber o motivo que causou essa situação. Para isso, nada melhor do que pedir um feedback daqueles que realizaram o treinamento.

Os colaboradores devem se sentir à vontade para sugerir mudanças e fazer críticas construtivas. Também podem ter ideias que podem ser adicionadas aos próximos treinamentos.

Ter uma boa comunicação entre todos da empresa é essencial para estruturar um projeto de treinamento eficiente.

Leia também: Entenda a importância da comunicação empresarial eficaz

5. Invista em treinamentos de forma contínua

Invista no projeto de treinamento contínuo. Em uma empresa, sempre existirão funções a serem otimizadas. Para isso, conte com gestores que tenham uma boa capacidade de análise e observação. Também, como dito anteriormente: tenha muita atenção aos dados e métricas da empresa.

Aprendeu como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento?

Sabendo desses importantes cinco passos a serem seguidos, você está apto para estruturar e colocar em prática um bom treinamento e desenvolvimento.

Para ter sucesso, invista em um conteúdo variado e de qualidade, que prenda atenção dos seus colaboradores e seja didático.

Assim, você passará a contar com profissionais mais qualificados, engajados e que desejam melhorar a cada dia.

A sua empresa já conhecia como fazer um projeto de treinamento e desenvolvimento? Deixe sua opinião nos comentários.

Este conteúdo foi produzido pela Eadbox. Somos uma plataforma de ensino a distância completa e intuitiva. Você pode utilizá-la para criar cursos e treinamentos focados, personalizados e internos para a sua equipe. Inicie seu teste grátis.  

CTA Produtividade

banner ebook produtividade

 


Categorias