Como fazer um roteiro para vídeo aula

Como fazer um roteiro para sua vídeo aula

Toda vídeo aula precisa de uma direção para fazer roteiro, se você é produtor de cursos online certamente já faz isso de maneira automática. As pessoas que resolvem abrir o seu próprio negócio e produzir cursos ead como uma fonte de renda extra, ou mesmo como uma fonte financeira única, geralmente possuem um senso crítico maior, o que ajuda na composição da vídeo aula.

Entretanto, este é o modo empírico de roteirizar um vídeo. Existe uma maneira teórica que pode auxiliar você a ter um modelo mais eficiente para produzir a sua vídeo aula, de uma maneira organizada, através de um roteiro. É o roteiro que vai guiar você durante o vídeo, apontando qual a direção que você precisa seguir para fazer com que a sua aula atinja o objetivo fundamental, que é transmitir o conhecimento para o seu aluno.

Em uma vídeo aula fazer roteiro caminha lado a lado com o plano de aula. Vamos aprender como funciona? Papel e caneta na mão? Então vamos lá.

Como fazer roteiro para vídeo aula

 

Plano de aula: a essência de tudo

O plano de aula é responsável por guiar a transmissão do seu conhecimento. Por mais que você saiba todo o conteúdo que vai passar durante o vídeo, é muito difícil se manter em uma linha de raciocínio constante durante meia hora, por exemplo. É aí que o plano de aula entra, para que você saiba qual conteúdo transmitir para o seu aluno e como fazer isso.

roteiro para vídeo aula

Um plano de aula consiste desde a elaboração de todos os pontos que vão ser abordados durante o curso online, desde a vídeo aula, até a elaboração de avaliações e o material de apoio que será disponibilizado. Quando montar a sua vídeo aula, lembre-se de que o conteúdo que está produzindo pode ser multimídia e incorporar links, pdfs, livros, livros digitais, podcasts, vídeos e até infogames.

Veja também: 15 ferramentas de screencast para gravação de vídeo aula

Lembre-se que todo o conteúdo que você for desenvolver ou transmitir precisa fazer com que o seu aluno cumpra o objetivo central dele. Ou seja, se a sua aula é sobre marcenaria e você propôs para os seus alunos como produzir a sua própria mesa de jardim, as técnicas desenvolvidas em sua vídeo aula devem cumprir este objetivo. É claro que, neste caso, você pode desenvolver o conteúdo e citar exemplos como “esta técnica de preparo de madeira também serve para outros móveis, como prateleiras e banquetas”.

Um jeito simples de trabalhar o seu conteúdo é criando tópicos e subtópicos, nos quais os tópicos são os temas principais e os subtópicos compõe o aprendizado até fechar o ciclo de conhecimento dos temas principais. No final da vídeo aula, a somatória dos tópicos devem cumprir o objetivo final proposto no início da aula.
Agora que você já tem uma visão geral de como estruturar a sua vídeo aula, vamos para o roteiro.

 

Eu preciso de um roteiro para minha vídeo aula?

Os roteiros de cinema, televisão e rádio, são utilizados para ser um guia durante a gravação. Como falamos no início do texto, você pode fazer roteiro de maneira automática, mas existe um jeito de reduzir a possibilidade de falhas e de retrabalho também, além de deixar o seu vídeo mais profissional.

Vamos voltar para o exemplo da vídeo aula de marcenaria. Você precisa aplicar o verniz na madeira em certo momento do ensino. Você vai precisar de imagens disso para ilustrar durante edição, como imagens de você passando o pincel na madeira. Fazer roteiro serve para isso, para auxiliar na produção de um material audiovisual, de uma maneira que não fique faltando nada quando você for montar e editar a sua vídeo aula.

Como fazer um roteiro para videoaula

É claro que existe uma diferença em cada curso online. Muitos de vocês conseguem desenvolver o seu material sem a necessidade fazer gravações diferentes. Um professor de violão, por exemplo, conseguiria fazer uma vídeo aula apenas sentado na frente da câmera com o seu instrumento no colo. Entretanto, isso tornaria o vídeo pobre, e o nosso objetivo é fazer com que a sua vídeo aula cada vez melhor.

Vamos voltar para o exemplo do marceneiro. Digamos que na primeira parte da aula ele tenha que mostrar os equipamentos necessários para que o seu aluno consiga acompanhar a sua vídeo aula. Vamos supor que sejam pincéis, pregos, madeiras de uma determinada altura e comprimento, martelo, verniz e tinta. Existem várias maneiras de fazer esta parte do vídeo, vamos exemplificar duas: na primeira delas o instrutor vai ficar no vídeo falando os materiais que são necessários para acompanhar a aula; no segundo exemplo o instrutor se apresenta e começa a falar os itens, neste momento o vídeo corta para outra imagem, e nela, enquanto o professor vai falando os itens a serem utilizados ele vão aparecendo um a um na tela, juntamente com uma lista no lado esquerdo do vídeo. Conseguiu imaginar a diferença?

Podemos fazer o mesmo exemplo com o professor de violão. Na primeira aula ele vai apresentar e dar nomes nas partes que compõe o violão. Ele pode fazer isso sentado no banco e apontar um a um os itens com o violão em seu colo; ou pode fazer imagens do violão apoiado em um suporte e, enquanto ele fala, as partes vão ganhando um contorno no vídeo, além das palavras chave aparecerem na tela.

Para tudo isso dar certo é preciso fazer roteiro, e é bem fácil, veja.

 

Como fazer roteiro para vídeo aula

Um roteiro é composto normalmente por duas colunas. Na coluna da esquerda você insere o vídeo que deverá ser o principal, e na coluna da direita o áudio que você está falando. Quando for montar o roteiro é importante estar com o seu plano de aulas junto a você. Acompanhe cada um dos tópicos e escreva na coluna da esquerda os tópicos e subtópicos. Na coluna da esquerda você vai imaginando quais itens você vai precisar gravar para inserir no vídeo.

Quando você for assinalar algum conteúdo externo, como complemento para o seu aluno, coloque na coluna da esquerda para você inserir os caracteres que direcionem visualmente para a ação.

Acostume-se desde já a trabalhar com roteiros, pois quando você tiver uma edição terceirizada, o editor vai pedir para que você encaminhe direcionamentos para que o trabalho fique o melhor possível. O roteiro é o melhor caminho para isso.

Agora que você já sabe como fazer um roteiro, clique no link abaixo e ganhe 15 dias grátis para testar a plataforma eadBox. Com vídeos melhores você vai atrair mais alunos para o seu curso online, e vai precisar de uma plataforma que transmita segurança e que tenha um painel intuitivo para os seus alunos.

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox


Categorias