Planejamento de marketing para cursos online

Aprenda a elaborar um planejamento de marketing e vendas online

No mundo da publicidade existe um velho ditado que diz: “um produto que não se vê não se vende”. Neste texto você, que está começando a produzir conteúdo para EAD, vai aprender a fazer o planejamento de marketing e vendas online para sua vídeo aula.

Saiba como fazer com que os seus alunos descubram você e aprenda a traçar estratégias para conseguir chegar neles de maneira eficiente.

 

Como começar meu planejamento de marketing digital?

Como a sua vídeo aula é online, faz todo sentido que você tenha todos os seus esforços voltados para o mundo digital, não é mesmo? Por se tratar de ensino a distância, os únicos fatores impeditivos para o seu aluno são o idioma e a conexão com a internet. Por isso, anúncios em mídias tradicionais como rádio, televisão e jornal impresso não são um bom investimento para você.

Trabalhar com marketing digital abre um leque de possibilidades que é muito interessante para o dia a dia de suas vendas. Praticamente todo anúncio que fizer vai lhe trazer resultados específicos, e eles vão balizar as suas próximas estratégias.

Páginas no Facebook, e sites, por meio do Google Analytics, ajudam a trazer exatamente qual é o recorte de público que você possui. Com isso você consegue montar a melhor estratégia para fazer com que esta pessoa interessada em seu conteúdo compre o seu curso.

Mas antes de traçar a sua estratégia e começar o seu planejamento de marketing é preciso planejar, e para isso você precisa saber qual é o seu objetivo. Existe uma sigla utilizada no marketing chamada SMART, que em português seria algo como: seus objetivos precisam ser específicos, mensuráveis, ambiciosos, realistas e precisos no tempo.

Analisar o cenário no qual está inserido também é importante. Apesar de ser um mercado relativamente novo e em crescente constante, o ensino a distância pode ter concorrentes estabelecidos. Realizar uma pesquisa de mercado para compreender quais são as forças e fraquezas da concorrência através de um benchmarking é necessário para compreender qual terreno está pisando.

 

Como conhecer o seu público-alvo?

Saber quem é o seu consumidor é fundamental em qualquer ramo de negócios, seja em produtos ou serviços. Compreender desde a idade até o grau de instrução do seu cliente final é importante na hora de traçar a sua estratégia de vendas e até mesmo o conteúdo das suas vídeo aulas. Nunca caia na tentação de generalizar o seu público-alvo, por exemplo.

Quando se trata de esportes as pessoas tendem afirmar que o público “é todo mundo do sexo masculino”, mas um consumidor com 18 anos de idade é muito diferente de um com 65, concorda? E isso que analisamos apenas a faixa etária, sem levar em consideração a renda e outros tópicos importantes que vamos abordar abaixo.

Além da idade, existem outros pontos que você precisa levar em consideração para compreender quem é o seu público. Saber o grau de instrução, renda e até mesmo se a pessoa é casada ou solteira vai fazer a diferença não só em seu planejamento de marketing, mas também em seu conteúdo. Saber qual é a escolaridade do seu aluno é fundamental para você utilizar determinadas analogias e exemplos que se adequem a realidade dele, facilitando o aprendizado.

A faixa de renda é importante para identificar se ela está consumindo o seu curso por necessidade financeira ou puramente pelo aprendizado que você proporciona através de sua vídeo aula. Já o estado civil da pessoa vai ajudar você a desenhar as suas aulas de uma maneira que se enquadre na rotina dela. Uma pessoa solteira consegue dispor uma hora e meia para assistir uma vídeo aula, uma pessoa casada e com filhos dificilmente terá este tempo livre.

Neste caso, dividir sua vídeo aula em tópicos pode ser o segredo.

Saiba mais: como definir o seu público alvo.

Saber para quem você está vendendo fará com que o seu produto seja aceito pelo mercado de uma maneira mais fácil e natural. Lembre-se que os cursos online são feitos para um público específico, praticamente sob demanda. Cada um dos alunos sabe bem o que quer, quais são suas demandas, objetivos e metas.

Uma maneira de compreender melhor o seu público é criando personas. As personas são uma representação visual do seu público-alvo, baseadas em dados reais dos seus clientes. Quatro a seis perfis são o suficiente para você compreender como cada um deles funciona.

Saiba mais: como identificar a persona do ideal para cursos online.

Se você já possui uma base de alunos, dispare um e-mail marketing com perguntas chave para compreender melhor o seu aluno. Se ainda não tem uma base de alunos formada, lembre-se de que as respostas que for inserir devem ser baseadas como se você fosse um aluno.

Nem sempre aquilo que você julga ser bom é bom para o resto do mercado.

Clique no link abaixo e tenha acesso à ferramenta Criando Alunos Ideais, da EadBox. Uma forma dinâmica e visual para estruturar a sua estratégia de marketing digital.

CTA Aluno ideal

criar persona do aluno ideal e planejamento digital

 

Fortalecendo sua marca pessoal

Já ouviu aquele ditado “quem não é visto não é lembrado?”, pois então. Você precisa fazer com que o seu consumidor conheça as suas vídeo aulas. Mais do que isso, ele precisa acreditar que o seu conteúdo é algo que fará a diferença em sua vida. Também é importante fazer com que o seu produto cumpra o que você se propõe em seus conteúdos.

Prometer mundos e fundos e não entregar o esperado pode até gerar uma venda inicial, mas o comprador que se sentir lesado fará uma propaganda contrária tão grande que não vale a pena arriscar. Um cliente insatisfeito fazendo propaganda negativa com razão pode ganhar a empatia de outras pessoas e destruir a sua imagem.

Como você está trabalhando com EAD é seguro afirmar que todos os seus prospects estão na internet. Como a sua estratégia será voltada para o digital, o primeiro passo é criar um site e criar contas nas mídias sociais para divulgar o seu trabalho. O marketing digital é um método assertivo que vai ajudar a fazer com que você se torne referência no assunto que você domina, além de levar os alunos para o seu site.

 

Desenvolvendo o plano de ação do seu planejamento de marketing

O marketing de conteúdo, ou inbound marketing, é composto por materiais gratuitos que são relacionados com a temática da sua vídeo aula. Com isso você atrai o público para o seu site e faz com que ele conheça a relevância do seu conteúdo, gerando uma necessidade.

Desta maneira os seus futuros consumidores vão se acostumar a frequentar o seu site regularmente. É importante utilizar no mínimo dois canais de comunicação, o seu site e a mídia social que o seu prospect se encontra.

Para isso será necessário utilizar o site e as redes sociais que você criou e alimentá-las com certa frequência, garantindo um nível de conversão mais assertivo.
O conteúdo sempre será o seu ponto mais forte, seja na sua vídeo aula ou na execução da estratégia de marketing. Você precisa ajudar a pessoa que visita o seu site com soluções e levantar questionamentos que ela ainda não havia pensado. Isso vai fazer com que seu público crie empatia com você, o que é fundamental para transformar um lead em um cliente.

É importante salientar que cada um destes canais possuem características próprias, as suas métricas. O Facebook dá mais valor para publicações com imagens, ou seja, você vai precisar mesclar o conteúdo que direciona para o seu site com fotos, e até mesmo vídeos, que tragam conteúdo.

O Instagram possui as hashtags, que trazem mais seguidores devido às buscas feitas por estes tópicos. Já o site possui SEO e a uma métrica relevância utilizada pelo Google para indexar os melhores resultados no topo das pesquisas.
Quem trabalha com marketing de conteúdo precisa saber alguns pontos fundamentais sobre indexação. Quando você faz uma pesquisa no Google ele coloca os primeiros resultados baseados no SEO e na relevância que o seu conteúdo possui. Ou seja, de nada adianta você escrever textos enormes se o conteúdo for vazio e insignificante. Seja direto e sucinto.

Utilizar webinars e e-books para captar leads qualificados é fundamental para a sua estratégia de marketing digital. Este tipo de conteúdo pode ser produzido apenas uma vez e disponibilizado quantas vezes forem necessárias em troca do contato do seu público-alvo. Com isso você consegue encaminhar e-mail marketing trabalhando técnicas de remarketing para fazer com que este futuro consumidor avance em seu funil de vendas.

 

Crie um cronograma

Ser um produtor de vídeo aulas significa que você vai ter muito trabalho pela frente, principalmente se você estiver nesse negócio sozinho. Várias ações serão desenvolvidas paralelamente, tanto de marketing e vendas quanto para produção de conteúdo. Para não se perder em suas atividades e não deixar nenhuma ação importante escapar, desenvolva um cronograma que você possa cumprir. Manter um tempo para sua família, amigos e lazer em geral é fundamental para que você não desanime e deixe o projeto morrer.
Um cronograma de publicação também é importante, pois com ele você vai conseguir combinar os seus conteúdos de modo que os assuntos não fiquem repetitivos. Com isso a sinergia entre os temas abordados vai fazer mais sentido para o seu público e os resultados serão mais satisfatórios.
Para ter certeza de que você está trilhando o caminho certo, fique de olho em suas métricas. O tempo de permanência em seus posts no site e a quantidade de acessos em cada um deles é um indicativo que você sempre deve ficar de olho. O engajamento nas redes sociais também é um ótimo termômetro.

 

Vender, vender e vender

Com todo o seu planejamento de marketing definido, é hora de converter os leads em vendas. Tenha objetivos definidos e certifique-se de que as suas metas são palpáveis e ao mesmo tempo ambiciosas. Nunca projete o valor que será arrecadado com as vendas o mínimo para você não ficar no prejuízo. Claro que chegar até o breakeven é importante, mas mire mais alto, pois você consegue e sabe disso!

Considerar um lastro para as projeções de vendas é extremamente necessário para que você não seja pego desprevenido em alguns gastos que não estavam previstos. Impostos e reparo de equipamentos podem ser surpresas desagradáveis e na melhor das hipóteses você terá um valor para reinvestir em seu negócio. Trabalhar com vídeo aula é um processo cíclico de aprendizado no qual cada curso novo que você lançar deverá ser melhor do que o último, basta ouvir os feedbacks dos seus alunos.

Para vender você precisa investir em certos segmentos. Trabalhar com campanhas de AdWords no Google para você ficar melhor ranqueado vai levar mais pessoas para o seu site. Campanhas no Facebook podem ser interessantes como remarketing para você oferecer webinários ou e-books as pessoas que curtiram sua página ou navegaram em seu site. Estes investimentos vão ser revertidos em leads e os leads em vendas.
Não é porque você está nas mídias sociais que não pode fechar parcerias com empresas para vender seu curso, ofereça descontos, crie clube de vantagens. Analise quais são as hipóteses palpáveis para o seu negócio e se existe a viabilidade para sua execução. Crie planos de assinatura na qual você se compromete a lançar um vídeo ou cursos a cada três meses durante um ano e quem comprar o pacote anual ganha um desconto especial. Saia da caixa, multiplique as suas possibilidades.

Por fim, criar promoções especiais é uma boa maneira de promover as suas vídeo aulas. Digamos que você ofereça cursos online de mecânica, quando estiver perto do dia automóvel, dia do mecânico e outras datas comemorativas que tenham ligação com o tema da sua aula, ofereça um desconto especial para alavancar as suas vendas. A ferramenta EadBox possui uma interface completa e intuitiva para você criar promoções e alavancar as suas vendas.

Clique no link abaixo e ganhe 15 dias grátis para conhecer esta plataforma ead que vai ajudar a fazer a sua vídeo aula um sucesso.

CTA Demonstração 1

Banner_Demonstração_Eadbox_2

Categorias